É um processo de auto-resolução de conflitos no qual o próprio paciente, por meio da regressão, obtém consciência das origens remotas dos seus problemas atuais. Tomar a decisão de uma reforma íntima, sabendo que quem é responsável pela sua dificuldade não são os outros, mas a própria pessoa.

Muitos pacientes vêm para o consultório achando que a Terapia de Vidas Passadas é um processo mágico e que resolve qualquer problema em uma sessão. Nenhuma terapia resolve seu problema em uma única sessão... Desconfie de quem faz tais promessas.

A terapia de vidas passadas é um processo terapêutico em que se usa como instrumento a regressão, mas quem tem que se empenhar em realizar mudanças é o próprio paciente.
Como disse um grande sábio: posso lhe mostrar a porta, mas quem a atravessa é você.

Perguntas comumente feitas pelos pacientes:

1Vou me lembrar da regressão?
Sim, você vai lembrar-se de tudo. Inclusive porque vamos trabalhar com este material após a sessão.
2E se eu não voltar da regressão?
Isto é impossível visto que trabalhamos com sua memória.
3Todo mundo pode fazer regressão?
Não. Como já dissemos acima regressão é um processo terapêutico, tendo limitações, indicações e contraindicações como qualquer método terapêutico.

Não se indica para:
a) Gestantes.
b) Pessoas com déficit intelectual.
c) Cardiopatas.
d) Pessoas com distúrbios psiquiátricos graves.
4Todo mundo consegue regredir?
De forma geral podemos dizer que sim. Porém, clientes excessivamente ansiosos, que não acreditam em regressão e reencarnação ou que acreditam que regredir é pecado provavelmente vão se sentir bloqueados no processo terapêutico.

OBS: se você quiser fazer outra pergunta poderá fazê-la logo abaixo, ou por e-mail ([email protected])